EDITORIAL | O fim da pandemia na política brasileira

Por Josué Medeiros e Pedro Lima

Pelo quarto mês consecutivo em 2020 manifestamos nossa satisfação em apresentar o Boletim do Núcleo de Estudos Sobre a Democracia Brasileira (NUDEB), no qual damos continuidade à pesquisa sobre como a política brasileira reagiu à pandemia da Covid-19. Mas é também o último desta série, infelizmente não porque a pandemia acabou de fato, mas sim porque ela chegou ao fim na política brasileira.

Nesta quarta edição temos, pela última vez, o resultado da pesquisa das e dos estudantes de graduação em ciências sociais do IFCS/UFRJ durante o mês quatro de vigência da pandemia, entre 12 de junho e 11 de julho. Agradecemos a cada uma/um que contribuiu com a pesquisa, lembrando sempre que vivemos tempos inéditos, para os quais não estávamos preparados e que nos impactou nas mais diferentes esferas da vida. 

Na edição derradeira, analisamos os seguintes temas: o presidente Jair Bolsonaro (1); suas redes sociais (2); o ministério do governo (3); os militares do governo (4); o Congresso Nacional (5); os governadores de Estado (6); a mídia empresarial (7); o debate intelectual entre economistas (8); o empresariado (9); os evangélicos (10); os movimentos sociais (11); e a mobilização dos entregadores dos aplicativos (12). 

Em todo esse período buscamos responder às seguintes questões: qual foi o desenvolvimento dos conflitos que identificamos na política brasileira no terceiro mês da pandemia? Tiveram algum desfecho? Radicalizaram-se? Houve alguma mudança substancial? Nosso objetivo sempre foi o de seguir contribuindo tanto com a análise mais imediata da conjuntura quanto com as reflexões de fundo sobre a crise da democracia brasileira iniciada com o processo de questionamento das eleições de 2014 e que levou ao golpe parlamentar de 2016.

Nossa conclusão nesse quarto mês é que as relações de poder na política brasileira se estabilizaram definitivamente neste quarto mês da pandemia. O conflito entre democracia e bolsonarismo que mapeamos e analisamos segue aberto, porém está estabilizado, esperando novos processos para se desenvolver. Pode ser tanto uma dinâmica externa, tal qual a eleição presidencial nos EUA, ou uma dimensão interna, como as eleições municipais em 2020, a renovação do STF também em 2020 ou a eleição para o comando do Congresso no começo de 2021, entre outras. 

A pandemia segue ceifando vidas de brasileiras e brasileiros e o governo Bolsonaro segue sabotando qualquer ação que poderia evitar essas mortes. Ao mesmo tempo, a democracia brasileira segue ameaçada, ainda que no momento o presidente pareça “domesticado”.

 Seguiremos, no NUDEB, pesquisando os conflitos, as instituições e os atores políticos que agem a favor de uma redemocratização ou pelo aprofundamento do autoritarismo. No segundo semestre de 2020 apresentaremos novidades, com nosso boletim abarcando novas temáticas e dinâmicas. 

Sumário

O fim da pandemia e as quatro hipóteses para a política brasileira por Josué Medeiros

Análise das redes sociais de Bolsonaro: Um aceno a pacificação sob ótica das redes sociais por Daniel Sousa e Nathalia Harcar

O processo de “bolsonarização” dos Ministérios durante a pandemia por Luiza Soares

Depois da tempestade, a (tímida) “calmaria” verde-oliva por Victor Pimentel

O Congresso Nacional durante a pandemia por Nívea Baltar

Acordos e disputas entre os governadores durante a pandemia por Maíra Tura

A mídia brasileira em tempos de Covid-19: interesses e posicionamentos por Isabela Neves

A dívida pública pós-pandemia e as regras do nosso regime fiscal por Pedro Guerra

Empresariado brasileiro e a pandemia e o pacto com com Bolsonaro pela retomada da economia por Bruno Cechetti

Bolsonaro e evangélicos na política institucional: Uma aliança ainda mais estreita diante da pandemia por Rennan Pimentel

Os movimentos sociais e a pandemia por Cello Latini

O breque dos aplicativos de entrega: um olhar sobre ‘uberização’ e organização política por Sofia Gardel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s