Desempenho das candidaturas evangélicas nas eleições municipais no Estado do Rio de Janeiro: resultados

POR HELLEN ANDRADE

Buscando dar continuidade à pesquisa sobre o acolhimento dos candidatos evangélicos a prefeituras municipais pelos eleitores no Estado do Rio de Janeiro, o presente texto tem a pretensão de mostrar o resultado destas campanhas a partir do resultado eleitoral. Objetiva-se analisar se os candidatos eleitos declararam fazer parte deste clero religioso, que possui um crescente números de fiéis, em suas propagandas políticas. 

Trabalha-se ainda com a hipótese de que após as eleições estaduais e federal de 2018, pôde-se notar o aumento de políticos que se pautavam em discursos religiosos –sobretudo evangélico ancorado na Bancada Evangélica –ou conservadores. No âmbito municipal esses políticos conseguiram atrair eleitores suficiente para se elegerem? Qual o resultado prático desta propaganda política?

No texto anterior, foram analisados 177 candidatos de 29 municípios, sendo identificados 22 prefeitáveis declaradamente evangélicos em 12 destes 29 municípios. 

Rio de Janeiro capital

A capital do estado ainda passará pelo segundo turno. A disputa ficou entre o bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e atual prefeito Marcelo Crivella (REPUBLICANOS) e o ex-prefeito Eduardo Paes (DEMOCRATAS). Observa-se que, mesmo com todos os problemas da gestão do atual prefeito, o público evangélico voltou a lhe demostrar apoio[1], enquanto Eduardo Paes tenta atrair esse público ao buscar apoio da Igreja Mundial do Poder de Deus[2]. Como resultado, quatro dias antes das eleições em segundo turno, a pesquisa ibope já apontava Paes com 53% das intenções de votos e Crivella com 28%[3].

Niterói/ São Gonçalo/ Maricá

Assim como a capital do estado, São Gonçalo também contará com segundo turno. Porém, entre Dimas Gadelha (PT) e o Capitão Nelson (AVANTE). Como visto na pesquisa anterior, os candidatos de clero evangélico eram Rodrigo Piraciaba (PSB) que alcançou 1,04% de votos e Roberto Salles (PSD) com somente 2,50%. 

Em Maricá, Fabiano Horta (PT), ganhou por 88, 09% dos votos. O prefeito agora reeleito professa a fé cristã evangélica, porém não foi um ponto utilizado para sua propaganda política. 

Niterói possuía duas candidaturas evangélicas: Tuninho Fares (DC) e Renata Esteves (PMB). Receberam 0, 30% e 0,33% dos votos respectivamente. A eleição foi do candidato do PDT Axel Grael, com 62, 56% dos votos. 

Baixada Fluminense

Belford Roxo reelegeu Waguinho (MDB) com 80,40% dos votos. O prefeito possuía apoio da família Bolsonaro na política e da ala evangélica. 

Em Duque de Caxias, o evangélico Washington Reis (MDB) ganhou nas urnas com 55, 22% dos votos, porém tem sua candidatura indeferida pelo TRE ao ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa por crime ambiental no STF[4]. Sua posse, portanto, está sub judice. 

Dra Fernanda Otiveiros (PDT) derrotou com 38,31% dos votos, os candidatos evangélicos Bruno Silva do PL (0,23%) e Timor do partido Republicanos (5, 18%) para a prefeitura de Japeri

Já em Queimados há mais uma vitória de um candidato evangélico: Glauco Caizer do Solidariedade, ganhou com 28,83% dos votos. 

Nova Iguaçu tem a reeleição de Rogério Lisboa (PP) com 62,10% dos votos, também conhecido por colocar uma placa na entrada da cidade com os dizeres “Essa cidade pertence ao Senhor Jesus[5]”.

São João de Meriti terá segundo turno entre Dr. João (DEM) e Leo Vieira (PSC). Os candidatos evangélicos Prof. Joziel (PSL) e Charles Batista (REPUBLICANOS) tiveram 14,17% e 12, 62% respetivamente, ficando em terceiro e quarto lugar. 

Interior

Carmo elege Serginho Soares do PDT com 54, 18% dos votos. A única candidata evangélica do município era Fabi Gulão (MDB), que conseguiu 3% de votos.

Em Macuco havia somente uma candidatura para prefeito no total e ele era evangélico. Bruno Boaretto (PL) recebeu 100% dos votos, sendo reeleito. 

Conclusão

Os resultados mostram que destes 12 municípios com opção de candidatos evangélicos –somando-se 22 –somente 5 destes conseguiram ganhar nas urnas e 1 ir para o segundo turno. Isso mostra que, a declaração religiosa de um candidato não possui tanto peso político para sua escolha entre os eleitores que professam este clero espiritual. É necessário que além da declaração pessoal religiosa, o candidato tenha um forte apoio tanto entre coligações políticas para fortalecer a sua campanha –como o caso de Eduardo Paes na capital, ao enfraquecer o atual prefeito e bispo da Igreja Universal Marcelo Crivella; Washington Luís em Duque de Caxias e Waguinho em Belford Roxo com forte apoio da família Bolsonaro –como discurso popular entre os eleitores de forma gerar convencimento ou identificação para além das crenças religiosas. 

O baixo desempenho nas urnas destes candidatos também pode ser resultado de sua falta de visibilidade política nos períodos não eleitorais, o que dificulta a identificação do eleitorado que não busca seus candidatos apenas por uma característica pessoal. Ou seja, é necessário que haja todo um combo para que a visibilidade deste político seja fortalecida no momento eleitoral, caso contrário até os mais conhecidos tendem a serem derrotados nas urnas, como o caso da candidata Benedita da Silva do PT, evangélica que não contou com o apoio político que fossem além do seu próprio partido. 


[1] https://oglobo.globo.com/brasil/eleicoes-2020/crivella-cresce-cinco-pontos-entre-quem-pretendia-votar-branco-ou-nulo-nove-entre-evangelicos-diz-ibope-24766772

[2] https://extra.globo.com/noticias/extra-extra/em-desvantagem-com-evangelicos-eduardo-paes-recebe-apoio-da-igreja-mundial-do-poder-de-deus-24766650.html

[3] https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/eleicoes/2020/noticia/2020/11/25/pesquisa-ibope-no-rio-paes-53percent-crivella-28percent.ghtml

[4] https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/11/15/washington-reis-do-mdb-e-reeleito-prefeito-de-duque-de-caxias.ghtml

[5] https://www.paulopes.com.br/2018/08/prefeito-de-nova-iguacu-diz-que-a-cidade-eh-de-jesus.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s