Os prefeitos eleitos na Região Centro Oeste

POR GABRIELA HAFNER

O presente boletim busca trazer, após análises e previsões feitas anteriormente, os respectivos resultados das eleições municipais de 2020 nas capitais da Região Centro Oeste: Campo Grande-MS, Cuiabá-MT, Goiânia-GO, apresentando os desfechos de cada capital e as demais chegadas ao segundo turno.

O objetivo agora é compararmos os resultados às hipóteses previstas e verificar as variações e confirmações de cada diagnostico.  

A principais fontes usadas para tal pesquisa foram o G1, Gazeta do Povo e Uol Notícias. 

Resultado eleição Campo Grande-MS

Após 100% das urnas apuradas na capital mato grossense Marquinhos Trad do PSD foi reeleito com 52,58% dos votos, deixando para traz Sérgio Harfouche do Avante com 11,58% e Pedro Kemp do PT com 8,32%. ²

Vale ressaltar que próximo ao petista, mas em quarto lugar, ficou o candidato do PSL Vinicius Siqueira com 8,20%.

Cris Duarte do PSOL e Dagoberto do PDT garantiram apenas 1,11 % e 1,57% dos votos respectivamente.

Desse modo, vimos que desde o início de sua campanha, Trad esteve com folga à frente dos outros candidatos revelando que além de sua popularidade o apoio de outros partidos também foi essencial para sua vitória. 

Isso porque, com a maior coligação do pleito, formada por 9 partidos, o atual prefeito se beneficiou além de outras coisas de um tempo maior de tv, tendo um total de 932 inserções com 3 minutos e 10 segundos no bloco.

Resultado eleição Cuiabá – MT

No último 22 de novembro, após todas as urnas apuradas o TSE revelou o que já se previa, uma disputa pelo segundo turno entre Emanuel Pinheiro do MDB, com 30,75% dos votos e Abílio do Podemos, com 33,72%. ³

Em terceiro lugar tivemos Gisela Simona do PROS com 19,42% e em quarto Roberto França do Patriotas com 9,49%.

Vale ressaltar que Aécio Rodrigues do PSL foi o sexto colocado com apenas 2,11%. Representando os partidos de esquerda Gilberto Lopes do PSOL ficou em último lugar e Julier Sebastião do PT em quinto com 3,13%.

Ontem, 29 de novembro Emanuel Pinheiro foi reeleito o novo prefeito de Cuiabá após receber 135.662 votos equivalente a 51,16%.

Já Abílio, que parecia estar à frente nas intenções recebeu cerca de 129.533 votos o equivalente a 48,84%.

Isto posto, podemos confirmar as previsões de uma disputa pelo segundo turno na cidade, tendo como um dos atores Emanuel Pinheiro que com a maior coligação, composta por 12 partidos, garantiu o dobro de tempo de tv em relação a Roberto França segundo candidato com mais tempo.

Corrigindo as hipóteses de que França estaria com Pinheiro nessa disputa, Abilio do Podemos tomou o seu lugar muito por conta de seu apoio ao atual presidente Jair Bolsonaro e sua ligação com a igreja evangélica.

Já a esquerda como prognostico anterior ratifica a sua prevista baixa influencia, muito associada ao seu desmembramento.

Resultado eleição Goiânia-GO

Já na capital goianiense também como previsto, a disputa foi para o segundo turno entre Maguito Vilela do MDB e Vanderlan Cardoso do PSD, com 36,02% e 24,67% respectivamente.

Assim como em Campo Grande o PT ficou em terceiro lugar com a candidata Delegada Adriana Accorsi, que angariou 13,39% dos votos. Os demais partidos de esquerda assim como nas outras capitais analisadas foram pouco expressivos.

Neste cenário incluímos também o candidato Major Araújo do PSL que apareceu em sexto lugar com 3,38%.

Nesta última etapa da votação, que ocorreu neste domingo dia 29, o TSE revelou após todas as urnas apuradas que Maguito Vilela venceu as eleições com 52,60% dos votos, enquanto seu adversário garantiu apenas 38,72%.

No fim de outubro Maguito Vilela foi diagnosticado com Covid 19 e ainda encontra se internado no hospital, seu vice Rogerio Cruz do Republicanos também contraiu a doença durante a campanha, mas encontra-se bem.

Conclusão 

Assim, a partir de tais resultados foi possível confirmar a maior parte das previsões e diagnósticos anteriores, isto é, uma direita bem organizada garante muito por conta das coligações uma presença significante nas disputas, uma ala bolsonarista que apesar de em algumas capitais não possuir muita interferência em outras ainda se faz presente e por fim uma esquerda fragmentada em todas as capitais, ratificando a sua pouca expressividade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s